RESENHA - O Desejo de Lilith - Ademir Pascale - Editora Draco (2010)

22 de junho de 2011

O desejo de Lilith
Ademir Pascale 


ISBN: 978-85-62942-04-4

Gênero: Terror / Policial

Páginas: 136

Preço: 28,90
SINOPSE:
Um descuido dos tradutores da Bíblia revelou o pior dentre todos os demônios. Um velho e decadente detetive de polícia investiga um macabro suicídio, mas o que ele não sabia era que sua vida estava por um fio e seria envolvido em uma conspiração contra toda a humanidade. Uma palavra-chave, transliteração de uma palavra hebraica repetida em 63 trechos da bíblia, dará início à mais sombria das investigações. Uma organização secreta milenar abriga incríveis segredos e bizarras e inimagináveis personagens. Afinal, o que teria em comum Platão, Vlad Tepes, Erzsébet Báthory, John Milton, Thomas Chatterton, Mary Shelley, Percy B. Shelley, Robert L. Stevenson, Aleister Crowley e Jim Morrison? Descubra em O Desejo de Lilith, um romance sobrenatural vivenciado nas principais avenidas e ruas de São Paulo, repleto de segredos, revelações, aventuras e muito rock n’ roll. Mas atenção, seja forte e esteja preparado ao ler estas páginas, pois você não confiará mais em seu vizinho ou qualquer outro transeunte que cruzar o seu caminho. Você nunca mais enxergará o mundo como antes…


Afinal, qual seria o desejo de Lilith?
Sobre o autor:
Ademir Pascale, paulista, linguísta, crítico de cinema, ativista cultural e autor de FC e horror. É autor do audiolivro Cinema: Despertando Seu Olhar Crítico (2008). Organizou as antologias Invasão (2009),Draculea: O Livro Secreto dos Vampiros (2009), Metamorfose: A Fúria dos Lobisomens (2009) e juntamente do Maurício Montenegro, Poe 200 Anos (prevista para 2010). É co-editor, juntamente da Elenir Alves, do e-zine TerrorZine: Minicontos de Terror. Mantém o Portal Cranik, já tendo publicado mais de 130 entrevistas.
MINHA OPINIÃO:
Bem... Conheci o desejo de Lilith a muito tempo atrás, mas com tantos afazeres a promessa de leitura foi ficando pra trás, mas finalmente consegui o tempo tão sonhado e fiz a leitura deste livro que tem um tema incrível. Devo confessar que algumas críticas negativas me incomodaram um pouco quando decidi que iria iniciar a minha leitura, mas ao contrário do que aconteceria com muitos, isso me deu ainda mais vontade de ler o livro, pois eu queria entender o que poderia ser tão banal para criticas tão chatas (por assim dizer). Acontece que ao ler o livro me deparei com uma escrita simples, porém elegante e contagiante. Nunca tinha lido um livro narrada na forma de um diário e admito que me amarrei na idéia do autor. Quanto a história eu realmente gostei. A forma como ela se desenvolveu e os rumos que os personagens tomaram. Acredito que os pontos negativos citados que eu ouvi falar teriam passado despercebidos se eu não tivesse lidas as tais criticas. A história por si só é completamente contagiante, fazendo com que você mergulhe nas memórias do protagonista e querendo desvendar o tal misterioso desejo de Lilith. Agora depois de terminar a leitura entendo e as várias frases que ouvi: "aquele final".. Era realmente um final que eu não esperava. Foi pego de surpresa por ele, mas arrisco dizer que gostei. Também vale ressaltar as vestimentas dos vários personagens, muito interessante. Realmente um ótimo trabalho do Ademir. Dado a vários conceitos eu vou dar um 4 de 5 para o Desejo de Lilith. E agora é só aguardar Encruzilhada, o novo romance de horror do autor (já falado aqui no blog)


Por hoje é só galera! Qualquer hora dessas apareço com mais novidades...
Um forte Abraço.

Comentários 3 Comentários:

Anônimo disse...

Concordo com seu texto sobre o livro. Porém, diferente de você quando li a obra de Ademir, não tinha lido nenhuma crítica. Gostei, achei envolvente e cativante.
O final é bom.

Li seu conto no livro Sobrenatural e apreciei. Parabéns pelo estilo e narrativa.

22 de junho de 2011 18:55
renato alves disse...

Concordo com seu texto sobre o livro. Porém, diferente de você quando li a obra de Ademir, não tinha lido nenhuma crítica. Gostei, achei envolvente e cativante.
O final é bom.

Li seu conto no livro Sobrenatural e apreciei. Parabéns pelo estilo e narrativa.

22 de junho de 2011 18:55
Velcan Pendragon disse...

Olá adorei seu blog e a forma como escreve
bem estou levando seu banner pra o meu blog
fique avontade para visita-lo
http://bruxasevampyros.blogspot.com/
Cordialmente Velcan

1 de julho de 2011 20:23

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

J. Henrique © Copyright 2010

©